Ancine emperra lançamento no Brasil da cinebiografia de Carlos Marighela; filme sobre vida de Chico Buarque censurado pelo Itamaraty no Uruguai 

70 anos de palco de Fernanda

Montenegro 

O filme Marighella, estrelado por Seu Jorge (foto) e dirigido por Wagner Moura, teve seu lançamento adiado indefinidamente no Brasil, por  mais uma iniciativa nefasta da Agência Nacional de Cinema (Ancine). O filme Chico: um artista brasileiro, que conta parte da vida de Chico Buarque de Holanda (foto) foi vetado, pela embaixada brasileira  em Montevidéu, no Festival Cine de Brasil, que será realizado em outubro, na capital uruguaia.Leia mais.

Prólogo, Ato, Epílogo (Companhia das Latras) traz testemunhos da atriz sobre teatro, cinema, TV e rádio do nosso país. Fernanda registra feliz o fato de que dá conta de seu ofício, aos quase 90 anos de idade. Tudo se harmoniza para a despedida inevitável. Mas acordo e canto, escreve ela, no último parágrafo. 
Leia mais

Biografia do tropicalista Tom Zé


O autor desta nova obra sobre Tom Zé é o escritor italiano Pietro Scaramuzzo.

A obra tem prefácio de David Byrne, músico, compositor e produtor musical, conhecido

por ter fundado a banda

Talking Heads, em 1974,

um dos grupos precursores

do new wave e worldbeat.

A biografia Tom Zé, l'ultimo tropicalista será lançada em outubro na Itália;n a tradução para o português deverá ser vendida no Brasil no primeiro semestre de 2020. Leia mais

Veja neste vídeo o que o professor Evandro Trindade diz sobre autobiografia

Irmã Dulce, a Santa dos pobres

Veja Gonçalo Júnior falando

sobre a produção biográfica

Edson Rossatto (EC-Em Contexto) 
entrevistou o biógrafo e jornalista Gonçalo Júnior sobre como escrever biografia.  Foi um papo nota dez. Gonçalo Júnior escreveu 15 biografias importantes. Está com três obras prontas, na gaveta, à espera de editor.  Clique na imagem e assista.

Conheça mais de Raul Seixas

Místico, enigmático, contestador de padrões e interessado em filosofia, Raul Seixas, o baiano Maluco Beleza, um dos nomes mais importantes do rockbrasileiro e que disse ter nascido há 10 mil anos, compartilhou muitas ideias interessantes através de sua vida, suas poesias e suas músicas. Leia mais

A Irmã Dulce, baiana, ganhou duas biografias, neste ano de sua canonização, que a torna a primeira santa brasileira da igreja católica:  Santa
dos Pobres
, do jornalista  Graciliano Rocha (foto, à esquerda) e Anjo Azul dos Alagados, de outro jornalista, Valber Carvalho.
Leia mais

Autobiografia

de Jean Wyllys

mostra

excepcional

experência

de vida

Paulo Freire, nova biografia

 

 

A biografia O educador: um perfil de Paulo Freire, autoria de Sérgio Haddad (foto), recupera a experiência do grande pedagogo com a alfabetização em Angicos, no Rio Grande do Norte, às vésperas do golpe de 1964. A obra conta a perseguição que Freire sofreu dos militares, da prisão ao exílio. .  Leia mais

A infância, a adolescência, o convívio familiar e na escola, homofobia, o LGBT, o golpe contra a presidenta

Dilma,

Bolsonaro e o exílio, na vida de um defensor dos direitos humanos.
Leia 

A hora
e a vez
da audiobiografia 

A tendência viva do áudiolivro é forte a cada momento entre biografias e, neste item, chama a atenção a presença feminina. No site Autibooks, estão no ar Gisele Bündchen (foto), Daiana Garbin,  Djamila Ribeiro (foto),                                               Malala Yousafzai (foto), Helena                                                     Morley, Graziela Gonçalves e Maya Angelou.  Leia mais

Vem aí biografia não autorizada polêmica de Mário de Andrade

Mário de Andrade, por Portinari

A expectativa é que Em busca da alma brasileira – Biografia de Mário de Andrade, escrita pelo jornalista e pesquisador tarimbado Jason Tércio (foto), jogue uma luz na questão da sexualidade do grande poeta e prosador que contribuiu para mudar a linguagem da literatura brasileira.

A obra deverá estar nas livrarias já neste agosto. Leia mais.

Vale a pena ver a cinebiografia Kardec

Inspirado na biografia escrita por Marcel Souto Maior, o filme Kardec conta a trajetória do professor francês Hippolyte Léon Denizard Rivail (1804-1869), instituidor do espiritismo, no século 19, na França, de onde a doutrina se disseminou. É gratificante ver na tela do cinema a coragem intelectual de Rivail, o que o projetou, no mundo e através de gerações, como Allan Kardec, o codificador da doutrina espírita. Leia mais
 

Eu sou dinamite! A vida de Friedrich Nietzsche

É surpreendente a receptividade em relação à biografia  Eu sou

dinamite! A vida de Friedrich Nietzsche, escrita por Sue Prideaux (foto). 

A biografia é essencial para entender Nietzsche, o filósofo que buscou

soluções para nossos tempos conturbados.
Clique aqui

Diferença entre biografia
histórica e biografia literária

Francisco Alves Almeida, doutor em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), afirma que a biografia histórica recria a vida e restaura o tempo, enquanto a biografia literária não se fixa apenas na documentação, mas pode deixar a imaginação fluir.  Leia mais.

Roberto Marinho

A biografia do fundador do grupo Globo, Roberto Marinho, escrita  por Leonencio Nossa (foto), 

é básica para  entender o

controle, por poucas famílias, 

dos meios de

comunicação

no Brasil.

Leia mais